epis

Todos sabemos que quando uma atividade profissional apresentar sérios problemas ao trabalhador, deverá ser utilizado os devidos EPI’S (Equipamento de Proteção Individual), que incluem máscaras, protetores auriculares, óculos, capacetes, luvas, botas, cintos de segurança e entre outros equipamentos de proteção. Este tipo de equipamento é indispensável quando o assunto for industrias e fábricas, em geral.

O surgimento do EPI

O EPI surgiu por meio do Decreto Lei Nº 5.452 de 1° de maio de 1943, que em seu artigo 160 foi definido que todas as atividades exercidas com risco ao empregado, o empregador deverá fornecer equipamentos de segurança para realização do trabalho.

Quando é necessário o uso do EPI

Toda vez que o serviço exercido pelo trabalhador apresentar algum tipo de risco, deve-se usar EPI’S, obviamente, respectivos ao grau de risco apresentado pelo trabalho que irá ser realizado, sendo quaisquer que forem as classes destes trabalhos.
Fazendo alguns estudos sobre os riscos ocupacionais, a empresa poderá descobrir qual o EPI necessário para a melhor segurança e eficiência durante a execução do serviço solicitado. Pois esse tipo de estudo facilita na identificação dos possíveis riscos oferecidos pelo serviço.

Quanto aos EPI’S cabe ao empregador

-Manter os equipamentos sempre dentro da data de validade;
-Os equipamentos devem estar sempre limpos e higienizados;
-Exigir o uso do mesmo para os funcionários;
-Imediata substituição, quando houver extravio ou dano;
-Ser responsável pela manutenção;
-Quando houver alguma irregularidade, deve ser comunicado, imediatamente, ao MTE (Ministério do Trabalho e Emprego);
-Adquirir EPI’S para todo possível risco que possa vir a ser oferecido;
-Fornecer, gratuitamente, somente EPI’S que atendam aos requisitos de saúde e segurança.

Quanto aos EPI’S

Máscara: Serve para proteger o rosto quando for executar algum serviço que possa trazer riscos para seu rosto;
Protetores Auriculares: Servem para proteger os ouvidos, toda vez que for feito algum tipo serviço que transmita ondas sonoras muito altas;
Óculos: Serve para proteger os olhos de possíveis fagulhas, farelos, ciscos e outros tipos de materiais que possam causar algum dano quando for executado algum serviço.
Capacete: Serve para proteger a cabeça de possíveis pancadas, ou possíveis quedas de objetos na cabeça do trabalhador, quando for executado algum serviço;
Luvas: Servem para proteger as mãos de atritos com os materiais usados em algum serviço, ou para proteção contra objetos;
Botas: Servem para proteger os pés de possíveis objetos que possam cair em cima dos mesmos toda vez que for feito algum tipo de serviço;
Cinto de Segurança: Serve para proteção contra possíveis quedas que o trabalhador possa vir a sofrer quando estiver executando o serviço solicitado.

Os equipamentos de proteção devem estar sempre em ótimas condições para o devido uso e com segurança, toda vez que for executado algum tipo de serviço que apresente um risco. A Desentupidora Porto Alegre – RS preparou este conteúdo para um possível auxílio aos trabalhadores com os seus respectivos EPI’S.

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.