unnamed

Milhares de crianças conversando sobre preservação do meio ambiente e crescimento sustentável, assistindo peças de teatro, fazendo visitas a centrais de reciclagem e criando desenhos e redações sobre o tema. Isso foi o que aconteceu no último dia 18, quando foi comemorado o Dia Nacional do Campo Limpo.

 

A data foi idealizada pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV), em 2008, como forma de mobilizar todos os envolvidos no programa de destinação final de embalagens vazias de agrotóxicos. E, para isso, eles realizam uma integração entre as centrais de recebimento do país e as escolas municipais mais próximas, através do Programa de Educação Ambiental Campo Limpo (PEA).

 

O programa acontece em todo o Brasil e tem como objetivo a reflexão sobre a preservação do meio ambiente, bem como a saúde e segurança de produtores rurais, por meio de ações de educação ambiental. As crianças são convidadas a visitar as centrais de recebimento, lá aprendem sobre seu funcionamento, participam de várias atividades informativas e de um concurso de desenho e redação.

 

Este ano, o tema do concurso é “Resíduos sólidos: responsabilidade compartilhada” e busca estimular as crianças a relacionarem o conteúdo trabalhado no espaço escolar e seus conhecimentos de mundo, para pensar em maneiras criativas de resolver os problemas associados aos resíduos sólidos e expressá-los através das redações e desenhos.

 

O concurso é dividido em duas etapas, a primeira é local e os alunos que conseguirem primeiro lugar poderão participar da segunda, esta será nacional e ocorrerá em São Paulo, onde os três desenhos e as três redações mais inspiradores do país serão premiados.

 

Nesta primeira etapa, um dos destaques do país vem de Uberaba, Minas Gerais, onde Rafael de Carvalho Silva, aluno do ano, escreveu uma redação sobre como descartar o lixo corretamente. E, mais importante do que vencer ou não a competição, ele contou a um jornal local que acredita que vai poder usar estes conhecimentos no futuro para a preservação da natureza.

descarte-resíduos

No Rio Grande do Sul, as atividades foram promovidas por nove centrais de recebimento, nas cidades de Alegrete, Boa Vista do Incra, Cachoeira do Sul, Capão do Leão, Dom Pedrito, Giruá, Passo Fundo, São Luiz Gonzaga e Vacaria.

 

A Desentupidora Porto Alegre – RS apoia iniciativas como o Programa de Educação Ambiental Campo Limpo, nossa empresa é especialista em descarte de resíduos e sustentabilidade, e realiza serviços para grandes companhias e também em residências. Para nós, a preservação do meio ambiente é um dos pilares para um mundo melhor. Por isso, seguimos todas as normas técnicas e somos licenciados pelo IBAMA e FEPAM.

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.