desinsetizacaoA desinsetização preventiva é obrigatória em todos os condomínios. O controle das pragas urbanas, como baratas, formigas, aranhas e ratos, é recomendado nas áreas comuns dos prédios – salão de festas, churrasqueiras, garagens, corredores – pelo menos a cada seis meses. A importância de realizar uma desinsetização do condomínio se dá principalmente para assegurar a saúde dos moradores. Insetos e roedores acabam tendo acesso aos condomínios através de tubulações, pequenas frestas de portões, telhados e janelas. É nesse momento que estamos em perigo, já que essas pragas são vetores de muitas doenças. É importante frisar que é responsabilidade do síndico zelar pelas áreas comuns. Caso haja uma infestação – e se isso impactar em prejuízos para o condomínio devido à ausência de cuidados, o mesmo poderá ter de indenizar a massa condominial.

Enquanto os técnicos aplicam os produtos químicos para a desinsetização, a orientação é que os moradores fiquem dentro dos apartamentos, pois as substâncias utilizadas podem ser prejudiciais. Crianças e animais de estimação são mais sensíveis, por isso todo o cuidado com o cheiro forte deve ser tomado. As pessoas que são alérgicas não podem passar pelo local por três horas depois da desinsetização. Para a aplicação, é preciso que a administração do prédio determine data e hora, para que os condôminos possam se preparar. O local precisa estar liberado, sem a presença de pessoas e animais.

Desinsetização preventiva

O período entre outubro e novembro é o mais indicado para ações preventivas contra proliferação de pragas urbanas como baratas, formigas, cupins, mosquitos e ratos nos condomínios. É justamente nessa época, na primavera e também no início do verão, em que ocorrem os acasalamentos e a formação de novas colônias. A desinsetização não pode ser realizada junto com a limpeza da caixa d’água, pois o veneno passado nas áreas comuns pode contaminar a água. desinsetizacaoEssa é uma dica muito importante porque muitas empresas fazem os dois serviços ao mesmo tempo.

Questão de saúde

Como se trata de uma questão de saúde pública, as atividades de empresas que oferecem o serviço de desinsetização são rigorosamente controlados pelo governo. Uma das principais normas que tratam do assunto é a Resolução 52 (RDC 52/2009), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão do Ministério da Saúde. De acordo com o dispositivo, as empresas têm de ser legalmente constituídas e licenciadas pelos órgãos competentes de saúde e do meio ambiente (municipais, estaduais ou distritais). Portanto, quem for contratar seus serviços deve exigir essas licenças. Somente essas empresas e profissionais autorizados podem adquirir e manusear alguns produtos químicos saneantes, de venda controlada pelo Ministério da Saúde. Elas são obrigadas ainda a ter profissional técnico registrado em seu respectivo conselho de classe e na Vigilância Sanitária do Estado.

Sobre nossa empresa

A Desentupidora Porto Alegre – RS trabalha há mais de 15 anos no mercado, com diversos tipos de serviços de desentupimentos, hidrojateamentos, controle de pragas, limpeza de caixa d’água, entrega de água potável, limpeza de fossa e sucção de resíduos. Nossa empresa exerce seus serviços com o orçamento completamente gratuito 24 horas por dia, 7 dias por semana. Entre em pelo fone (51) 3937-0633.

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.